No final da manhã de hoje, (sábado) equipes da Policia Rodoviária Estadual, Siate, Aeromédico Samu e agentes da Defesa Civil do município de Astorga, foram mobilizadas para prestarem atendimento a um grave acidente registrado na PR-218, entre as cidades de Astorga e Pitangueiras. A colisão envolveu um veículo VW Santana com placas de Pitangueiras, que era ocupado por mãe e filha, e uma carreta Scania transportando blocos de concreto.

A batida foi do tipo frontal, e deixou a motorista do Santana gravemente ferida. Sônia Franklin Ávila Santolia de 45 anos sofreu um grave traumatismo craniano. A mulher precisou ser entubada pela equipe do Samu (aeromédico) e na sequência foi transportada através do helicóptero saúde 10 até o Hospital Metropolitano de Sarandi. A vítima corre risco de morte.

A filha de 16 anos também sofreu diversas lesões pelo corpo. A princípio a moça se encontra fora de perigo. As vítimas são moradoras da cidade de Pitangueiras. Segundo relatos de testemunhas, o capô do automóvel abriu, vindo atrapalhar a visão da motorista que perdeu a direção do carro, invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente com a carreta que foi parar fora da pista de rolamento. Apesar do susto o condutor da carreta nada sofreu.

A pista ficou interditada por algumas horas, até às equipes de resgate socorrerem as vítimas, e os blocos de concreto que caíram sobre a via fossem retirados. O veículo VW Santana ficou parcialmente destruído. O que mais uma vez chamou a atenção no local da ocorrência, foi o profissionalismo e agilidade da equipe do Aeromédico Samu, que é composta por um comandante (piloto) enfermeiro e médico intervencionista, além de uma UTI aérea. A PRE irá apurar as causas deste acidente.