Homicídios – Em menos de 48 horas cidade da região registrou três assassinatos

A PRINCIPIO OS CRIMES NÃO TERIAM LIGAÇÃO

2118

As forças de segurança do município de Campo Mourão, montaram uma força tarefa para esclarecer três homicídios registrados nas últimas horas. Os crimes ocorreram em bairros distintos, e a princípio não teriam ligação. As execuções aconteceram em um intervalo de aproximadamente 48 horas. Na madrugada da última sexta-feira (30), um jovem de 22 anos foi morto com vários tiros pelo corpo. O homicídio ocorreu próximo a Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Jhony Wesley Fernandes estava na companhia de várias pessoas, quando repentinamente foi surpreendido pelo assassino que portava um revólver calibre 38. Após cometer o homicídio, o atirador desapareceu e não foi localizado. Segundo informações, o local do assassinato é frequentado por jovens principalmente aos finais de semana, para ouvirem som automotivo e consumirem bebidas alcoólicas.

Já ontem (sábado) a noite (22:00hs) Alciole Veiga da Silva de 40 anos, foi executado em uma estrada de terra. O assassinato aconteceu entre os bairros Conjunto Fortunato Pedoncini e o Conjunto Milton de Paula Walter. Pessoas que passavam pelo local encontraram a vítima já sem vida. O homem apresentava diversas perfurações causadas por disparos de arma de fogo. A cena do crime foi isolada pelos órgãos competentes, e após os procedimentos de praxe terem sido concluídos, o corpo da vítima foi removido e encaminhado ao IML de Campo Mourão. A policia tenta descobrir a autoria e a motivação deste homicídio.

Duas horas depois, já no início da madrugada deste domingo (01/09) chegava um comunicado até a central da PM via 190, de uma outra pessoa alvejada por disparos de arma de fogo. Equipes do Siate e Samu também foram acionadas para comparecerem em uma das Ruas do Conjunto Avelino Piacentini para prestarem atendimento a vítima. No local nada pode ser feito, Wesley Ferreira de Oliveira de 21 anos já estava sem vida. O rapaz foi atingido por vários tiros e teve morte instantânea. A vítima havia acabado de sair da casa da namorada quando foi surpreendida pelo assassino. Oliveira contava com diversas passagens pela policia. O rapaz já respondeu pelos crimes de tráfico de drogas, assalto e receptação. Após cometer a execução o atirador fugiu e não foi localizado. Os três homicídios estão sob investigação da DH (Divisão de Homicídios) de Campo Mourão.

Reportagem – Anderson Corujão

Colaborou – Anderson / Serviços C. Mourão