PM e PC de Marialva prendem dupla que teria executado funcionário de tabacaria

2630

Policiais Militares e Civis da cidade de Marialva, na região de Maringá, montaram uma força tarefa para esclarecer o quanto antes, a morte do operador de caixa Pedro Henrique Teixeira Martins de 27 anos. Em uma ação conjunta das forças de segurança, dois suspeitos de terem participado do crime, foram localizados e conduzidos até a DP de Marialva no final da manhã desta segunda-feira (13). As detenções ocorreram no Conjunto Habitacional João Olímpio da Rocha, um dos bairros de Marialva. Pedro Henrique foi morto com aproximadamente 40 tiros. A execução foi registrada sábado (11) a noite, no interior de uma tabacaria situada na Rua Presidente Nereu Ramos, área central de Marialva.

O jovem foi surpreendido pelos criminosos, no momento em que jantava no caixa do estabelecimento. Na cena da execução foram encontradas 44 cápsulas deflagradas de pistola calibre 09 milímetros. Foram detidos L.F.M que amanhã irá completar 19 anos, e o comparsa G.V.S.C de 17 anos. Na casa dos acusados os policiais encontraram 2 carregadores de pistolas calibre 09 milímetros, capuzes, uma jaqueta semelhante ha que um dos executores vestia no dia do homicídio, drogas, além de outros objetos. Com relação a motivação do crime, um dos suspeitos relatou que teria sido ameaçado de morte pela vítima, por conta do roubo de uma caminhonete.

A utilitário tomada de assalto dias atrás, pertencia a um amigo do rapaz assassinado. Ao tomar conhecimento do roubo, a vítima teria acusado um dos detidos e outros indivíduos de serem os autores do assalto, e que não iria ficar assim, tudo tranquilo. Essa foi a versão contada por um dos criminosos detidos no dia de hoje. As autoridades policiais acataram essa versão com ressalva. As investigações entorno deste caso continuam, já que os policiais tentam encontrar as 2 pistolas usadas na execução e existe a possibilidade de outras pessoas serem detidas. No dia do homicídio, testemunhas relataram que um terceiro indivíduo aguardava a dupla em um VW Gol na cor branca, para dar fuga aos criminosos. Possivelmente nas próximas horas o delegado que preside o inquérito, Dr.Rodolfo Vieira, deverá representar junto a justiça os mandados de prisão por homicídio desses acusados. A autoridade policial não descarta a possibilidade dessa dupla ter envolvimento em um outro crime registrado na cidade, porém em 2019. A vítima executada foi sepultada na tarde desta segunda-feira, em clima de muita tristeza e comoção.