Acidentes de grandes proporções registrados na região de Maringá deixou uma pessoa morta

1754

Agentes da Polícia Rodoviária Federal e Patrulheiros da Polícia Rodoviária Estadual, irão apurar as circunstâncias de três acidentes de grandes proporções registrados ontém (terça-feira/28) no início da noite e um deles já no final da noite, na região de Maringá. Infelizmente um desses acidentes resultou em óbito. Um motorista morreu.

O primeiro acidente ocorreu por volta das 18h50, no KM 131 da BR-376, na cidade de Nova Esperança. O motorista de um VW Gol, seguia pela rodovia sentido Nova Esperança/Paranavai, quando ainda por motivos desconhecidos, perdeu a direção do automóvel e tombou o mesmo as margens da rodovia. O condutor de 45 anos ficou enclausurado no carro. Para socorrer a vitima compareceram no local equipes da Concessionária Viapar, Bombeiro Comunitário e Samu de Nova Esperança. Ao ser resgatado, o motorista de 45 anos foi encaminhado até uma Unidade Hospitalar da região. Apesar da cinemática do acidente, o motorista passa bem.

Já o segundo acidente envolveu dois automóveis, e foi registrado na PR-317, entre o município de Engenheiro Beltrão e o Distrito de Ivailândia. A batida ocorreu as 19h30, e deixou 3 pessoas feridas, porém sem gravidade. A PRE informa que a colisão entre um veículo modelo Citroën C4 Pallas com placas de Campo Mourão e um VW Voyage da cidade de Umuarama, foi traseira. Ambos os veículos seguiam pela rodovia sentido a Peabiru, quando o C4 Pallas atingiu o Voyage. Com a violência do impacto, o Voyage capotou e parou com as rodas pra cima, no meio da rodovia. Por conta do ocorrido foi necessário a interdição da rodovia, até as vitimas serem socorridas pelas equipes de resgate.

O terceiro acidente deixou uma vítima fatal. O motorista de um VW Gol com placas de Curitiba, morreu após bater o carro em uma árvore. O acidente ocorreu por volta das 23h20 na PR-082, entre as cidades de Cianorte e Terra Boa, próximo a Ponte do Rio Ligeiro. O impacto do automóvel contra o anteparo foi muito violento. Edcarlos de 44 anos teve morte instantânea. Quando as equipes de resgate do Corpo de Bombeiros chegaram no local, nada pode ser feito para salvar a vida do condutor. O corpo foi removido e encaminhado ao IML de Campo Mourão.

Colaborou: Garbim e Wilson Russinholi