Padrasto suspeito de matar a enteada morre após bater em ônibus de Maringá

4932

José Altamiro Gomes da Silva de 56 anos, suspeito de ter matado a enteada Maria Eduarda Hoffmann de 15 anos, morreu em um grave acidente de trânsito registrado no final da noite deste sábado (6), na rodovia BR-277, em Cascavel, região Oeste do estado. Segundo a PM, o crime de feminicídio, ocorreu na manhã de ontem (sábado), nas dependências de uma residência situada na Rua Retenção, no Jardim Nacional, na cidade de Foz do Iguaçu. A adolescente foi brutalmente assassinada. O corpo da jovem apresentava ao menos 8 perfurações causadas por golpes de faca.

Segundo familiares, a vítima teria sido morta enquanto dormia. O assassino, seria o padrasto da adolescente, que logo após cometer o crime, fugiu tomando rumo ignorado. A mãe da vítima e companheira do suspeito, estava trabalhando na hora do crime. No período da noite, a família e as autoridades policiais tomaram conhecimento, que o suspeito havia morrido em uma forte colisão na BR-277 próximo ao Trevo da Petrocon, em Cascavel. Ele colidiu frontalmente a moto que pilotava contra um ônibus de linha da cidade de Maringá.

De acordo com o motorista do coletivo, ele seguia pela rodovia sentido Curitiba quando o motociclista invadiu a pista contrária, e colidiu com o veículo. Com a forte batida, a moto foi arrastada pelo ônibus. Socorristas e médico do Siate foram acionados, mas apenas puderam constatar a morte do motociclista. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local para registrar a ocorrência e sinalizar a via. O trânsito ficou lento no local. O Instituto Médico Legal recolheu o corpo.

Colaborou: Tarobá News e Oops Notícia Foz na Hora