Dupla morre ao entrar em confronto com a PM na região de Maringá

783

Alan de Oliveira Ribeiro, de 23 anos, morador da cidade de Ourizona, e o comparsa Eduardo Hrecek Costa Lima, de 32 anos, natural de Maringá, tombaram mortos na tarde desta segunda-feira, (19/7), após entrarem em confronto com policiais militares. A intensa troca de tiros aconteceu na zona rural de Mandaguaçu (PR). De acordo com as informações da PM, a guarnição de Ourizona, realizava o chamado patrulhamento pelo município, quando os militares suspeitaram da dupla que ocupava uma motocicleta de cor preta, com placa de São Pedro do Ivaí (PR). Os policiais deram ordem de parada ao motociclista, que desobedeceu e fugiu em alta velocidade.

Diante da fuga, a equipe deu início à um acompanhamento tático. Em um certo momento, o piloto da moto começou a trafegar pela rodovia que liga Ourizona até a cidade de Mandaguaçu. Durante a perseguição, os militares persistiam na abordagem, porém a dupla não acatava a determinação policial. Após 10 quilômetros de acompanhamento, os suspeitos entraram em uma estrada secundária e atiraram na direção dos policiais que revidaram alvejando os dois indivíduos. Mesmo baleado um deles tentou invadir uma propriedade, e manter a família refém. Porém foi atingido novamente em um segundo confronto e não obteve êxito na sua intenção.

Imediatamente a equipe acionou o socorro, porém a dupla teve morte instantânea. A cena do confronto foi isolada para a realização dos trabalhos da Polícia Científica, através de um perito criminal e investigadores da polícia civil. Após os procedimentos de praxe, os corpos foram removidos e encaminhados ao IML de Maringá. Os policiais encontraram e apreenderam, um revólver calibre 38.

Um dos indivíduos (Eduardo) que morreu, era conhecido no mundo do crime pela alcunha de PARDAL. Recentemente ele havia gravado um vídeo, manuseando uma arma de fogo (submetralhadora).