Câmeras de segurança filmaram a ação de assaltantes que trocaram tiros com a PM

2139

As câmeras de segurança do município de Mandaguaçu (PR), filmaram parte da ação criminosa, praticada por dois assaltantes contra um posto de combustíveis situado na entrada da cidade. As imagens mostram a chegada e a saída dos assaltantes. No vídeo é possível ver que durante a fuga da dupla, uma viatura da Polícia Militar, passava pelo local e deu início ao acompanhamento tático, que resultou em uma intensa troca de tiros. Um dos criminosos tombou morto.

VEJA O VÍDEO 

DETALHES DO CONFRONTO 

Um indivíduo identificado como Adrian Borges de Oliveira, de 20 anos, tombou morto na noite desta segunda-feira, 13 de setembro, após praticar um assalto contra um posto de combustíveis e logo na sequência confrontar com policiais militares, na cidade de Mandaguaçu (PR), na região de Maringá. A troca de tiros aconteceu as margens da rodovia BR-376, na saída de Mandaguaçu para Nova Esperança. A PM informa, que recebeu um comunicado via 190, a respeito do assalto no posto de combustíveis. As vítimas relatavam que uma dupla ocupando uma motocicleta de cor preta, teria chegado no local e anunciado o assalto. Após a ação criminosa, os ladrões fugiram em alta velocidade sentido a rodovia.

Com as características dos assaltantes e da moto em mãos, as equipes da PM começaram a diligenciar no intuito de localizar os suspeitos. Minutos depois, uma das guarnições se deparou com os indivíduos e deu ordem de parada. A dupla desobedeceu a determinação policial, e empreendeu fuga. Durante o acompanhamento tático, os assaltantes abandonaram a motocicleta e correram em direção à uma mata, próximo ao Parque Ouro Verde. Os policiais foram no encalço dos criminosos, que portavam uma arma de fogo (revólver).

Um dos indivíduos atirou na direção dos policiais que revidaram alvejando o meliante que morreu na hora. O comparsa logrou êxito na fuga e não foi encontrado. A cena da troca de tiros foi isolada para os procedimentos de praxe. Depois o corpo do meliante que a princípio morava na cidade de Nova Esperança, foi removido e encaminhado para o IML de Maringá.