PF de Maringá prende pessoas com cédulas falsas

663

Ações distintas da Polícia Federal (PF) resultaram na prisão de três pessoas com cédulas falsas. A mais recente aconteceu ontem em Colorado (a 80 quilômetros de Maringá). Um homem de 35 anos foi preso no momento em que recebia a correspondência contendo diversas cédulas falsas. A ação foi realizada em conjunto com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios – que, após a triagem e suspeitar da postagem, acionou Policiais Federais que monitoraram a entrega da encomenda.

O homem, destinatário da correspondência, foi flagrado no momento em que a recebia e, inspecionando seu conteúdo, os policiais encontraram 20 notas de R$ 50, totalizando R$ 1.000 em cédulas falsas. Foi constatado que o material apreendido simula elementos de segurança presentes nas cédulas autênticas, como elementos visíveis à luz violeta, fita de segurança e impressões holográficas, o que confundiria ainda mais as pessoas que recebessem tais notas.

Mandaguari e Jandaia

Na semana passada, um homem de Jandaia do Sul, foi preso quando recebia correspondência contendo cédulas falsas. O rapaz de 18 anos também foi flagrado quando recebia um envelope contendo 20 notas de R$ 50 totalizando o valor de R$ 1.000. Em conversa com os policiais, foram identificados mais dois envolvidos no crime: uma mulher de 21 anos, que também adquiria as notas falsas, e a pessoa que vendeu as cédulas.

Com autorização judicial, foram cumpridos Mandados de Busca e Apreensão em três endereços em Mandaguari, e identificado um homem de 21 anos como responsável pela distribuição das notas. Nos dois casos, os envolvidos foram autuados e indiciados pelo crime de moeda falsa, previsto no Código Penal e poderão ser condenado até 12 anos de reclusão.

Colaborou: Leonardo Filho