Requintes de crueldade – Enteado mata a madrasta com mais de 20 facadas em Maringá

488

As forças policiais de Maringá tentam localizar um jovem de 24 anos suspeito de matar com vários golpes de faca, a própria madrasta de 45 anos. O crime chegou ao conhecimento da polícia no final da madrugada desta quinta-feira, 12, e foi registrado na rua Cajueiro, no Conjunto Madrid, bairro que fica na zona sul de Maringá.

A vítima identificada como Neide Aparecida Bezerra, foi morta com aproximadamente 25 facadas. De acordo com informações repassadas pela polícia, o marido de Neide é funcionário de uma das empresas do Ceasa e saiu durante a madrugada para trabalhar. Minutos depois de chegar ao trabalho, recebeu uma ligação da esposa, relatando que um homem estaria tentando arrombar a porta de casa.

Diante desta situação, o marido retornou para o imóvel, e quando chegou encontrou o portão e a porta da residência arrombada. Ao entrar no imóvel, ele se deparou com a mulher caída e toda ensanguentada. Ele acionou o socorro, mas quando as equipes chegaram ao local, Neide já estava morta.

Segundo o relato do marido no local, o filho tinha ciúme do relacionamento dele com a esposa e os dois sempre brigavam. A vítima tinha uma filha de 10 anos que presenciou o crime. Após cometer o homicídio, o jovem identificado como Renan Francisco Alves da Silva, mandou um áudio para o pai e um tio, comunicando o fato e não demonstrando arrependimento.

Após o trabalho da perícia, o corpo da mulher foi encaminhado para o IML de Maringá.

PRISÃO

Já por volta das 09h00 da manhã, o assassino foi localizado e preso por policiais da DHPP, na casa de um familiar, no Conjunto Habitacional Cidade Alta. Ele foi conduzido até o plantão da delegacia, para a lavratura do flagrante.