Tragédia na PR-317 – Quatro pessoas da mesma família morrem em colisão frontal entre carro e ônibus

9596

Patrulheiros da Policia Rodoviária Estadual do posto de Iguaraçu, na região de Maringá, estão apurando as circunstâncias de um trágico acidente registrado na noite de sábado (8), que deixou 4 pessoas da mesma família mortas. A tragédia aconteceu na PR-317, nas proximidades do antigo Thermas, em um trecho de reta da rodovia.

O acidente envolveu um ônibus de turismo com placas de Brasília, e um veículo modelo Renault Duster da cidade de Londrina. A colisão foi do tipo frontal. O carro era ocupado por dois casais. As quatro pessoas morreram na hora.

Já no coletivo viajavam 27 sacoleiros, 2 motoristas e um guia. Eles retornavam do Paraguai e seguiam viagem com destino ao Distrito Federal. Três passageiros e um dos motoristas, ficaram feridos. As vítimas foram socorridas por equipes do Samu e Siate, e na sequência encaminhadas para Hospitais da cidade de Maringá. Duas dessa vítimas, já receberam alta médica.

Segundo relatos de usuários da rodovia, a batida ocorreu no momento em que o motorista do ônibus realizava uma ultrapassagem. O coletivo invadiu a pista contrária e bateu de frente com a Duster que trafegava sentido a Maringá. A colisão foi inevitável. Com a violência do impacto, o automóvel ocupado pelas vítimas fatais, ficou totalmente destruído. O automóvel praticamente entrou debaixo do ônibus.

A Duster era conduzida por Marcelo Turossi de 40 anos. Além dele viajava no carro, a esposa Rosimeiry Silva Turossi, o cunhado Renan Alex Silva de 34 anos e Marilene Hoshino, esposa de Renan. O casal Turossi residia na cidade de Londrina. As outras duas vítimas eram moradores da cidade de Centenário do Sul. Renan era comerciante na cidade. Os dois casais estavam indo a Maringá, participar de uma festa de formatura. Os corpos foram removidos e encaminhados ao IML de Maringá.