Macabro – criminosos violam túmulo e ateiam fogo em caixão

7453

A polícia civil da cidade de Ubiratã (193 km de Maringá) que também responde pelo município de Juranda, está diante de uma situação macabra a ser esclarecida. O túmulo de um homem de 30 anos, sepultado no último final de semana no cemitério municipal de Juranda, foi violado durante a madrugada desta quarta-feira (12). Os criminosos quebraram a sepultura e na sequência atearam fogo no caixão.

A ação criminosa foi praticada no túmulo de Michel Lopes de Oliveira, que era conhecido na cidade pelo apelido de “Paraíba”. O homem foi brutalmente assassinado na tarde de sábado (8). Michel foi morto a golpes de faca por dois homens que foram presos logo após cometerem o homicídio. O crime ocorreu na cidade de Umuarama, região Noroeste do Estado. A motivação teria sido por conta de um desacordo comercial.

A violação no túmulo só foi descoberta nas primeiras horas da manhã de hoje. Duas mulheres que realizavam a limpeza de alguns túmulos, constataram o episódio assustador. Pelos vestígios encontrado no local, tudo indica que os incendiários usaram gasolina para atearem fogo na sepultura. O incêndio chegou a atingir o corpo do defunto. As autoridades policiais montaram uma força tarefa para chegar até os envolvidos.

 

Colaborou; Tribuna do Interior